Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social
UFSCar

Tecnologias de Desenvolvimento Sustentável

O Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de São Carlos (PPGAS/UFSCar) encontra-se implantando dois projetos institucionas de pesquisa referentes à concessão de bolsas de mestrado e de doutorado.

Os projetos institucionais do PPGAS/UFSCar visam fortalecer o impacto de sua produção de excelência por meio de uma nova frente de atuação: o desenvolvimento de pesquisas que contribuam para a área prioritária do
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) de “Tecnologias para Desenvolvimento Sustentável”, de modo a fomentar o equilíbrio entre desenvolvimento econômico e social e a preservação ambiental.

A proposta é que as três linhas de pesquisa do PPGAS estabeleçam pesquisas transversais e experimentos colaborativos com moradores de periferias urbanas, povos indígenas e tradicionais, pequenos agricultores e comunidades migrantes, entre outros sujeitos, de modo a aliar seus conhecimentos tradicionais e práticas sustentáveis com tecnologias que contemplem os setores de cidades inteligentes e sustentáveis; energias renováveis; bioeconomia; tratamento e reciclagem de resíduos sólidos; tratamento de poluição; monitoramento, prevenção e recuperação de desastres naturais e ambientais; e preservação ambiental.

Estuda-se, ainda, a possibilidade de integrar esta área com a área prioritária de “Tecnologias Estratégicas”, por meio de pesquisas (já desenvolvidas por alguns docentes e pesquisadores no PPGAS/UFSCar) que contemplem os setores da Segurança Pública e de Fronteira. Isso se daria por meio de articulações experimentais entre as áreas prioritárias como, por exemplo, o aprimoramento da qualidade de vida em ambientes urbanos e em áreas de fronteira por meio da integração ambiente-sociedade (recusando a separação entre natureza e cultura por meio de abordagens inovadoras na antropologia, já desenvolvidas por várias pesquisas no PPGAS/UFSCar) e da formação de redes sócio-técnico-científicas de caráter colaborativo.

Com isso, as pesquisas do PPGAS poderão apontar para inovações e potenciais convergências com outras áreas científicas e tecnológicas a partir de problemas específicos que emergem em territórios particulares e experiências localizadas.

Em breve, mais informações.